Moçambique: Autoridades desencorajam consumo de tabaco no país

 In Notícias

Hermínio José – Maputo, Moçambique

Segundo a Directora Executiva Adjunta da CTA, Teresa Muenda, a sua agremiação advoga que a venda de qualquer produto de tabaco deve ser acompanhada de uma mensagem de advertência sobre o risco e prejuízos do tabaco para a saúde, bem como a proibição da sua venda por e a menores de 18 anos de idade.

Apelo aos jovens na véspera das festividades

Na véspera da quadra festiva do Natal e do fim de ano, a Condeferação das Associações Económicas de Moçambique, CTA, apela aos jovens em particular para que não se deixem levar por certos ambientes que os propiciem ao consumo do tabaco.

Violação do regulamento sobre uso e venda do tabaco

Por seu turno a Directora Geral da Inspecção Nacional das Actividades Económicas, Rita Freitas, afirmou que no trabalho inspectivo tem se deparado com muitos problemas no que tange ao consumo e comercialização de tabaco nos estabelecimentos do País.

Era a Directora-Geral da Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE), na conferência de Imprensa conjunta com a Condeferação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), sobre o consumo e venda do tabaco, cujo regulamento tem sido sistematicamente violado no País.


Ouça a entrevista:

Recent Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search